/Empreendedorismo social | As melhores ideias
empreendedorismo-social

Empreendedorismo social | As melhores ideias

Empreender não precisa ser algo egoísta. É possível conjugar o desejo de empreender com o desejo de fazer bem a sociedade.

Um outro conceito muito desconstrutivo, é que empreender não necessariamente tem relação com ganhar dinheiro.

Empreender pode estar ligado com colocar um empreendimento para funcionar com a finalidade social.

A origem da palavra empreender vem do francês e significa ‘fazer algo novo”. Dentro desta concepção, é importante entender que nem sempre empreender vai significar algo voltado para a arrecadação individual.

Vamos falar aqui então de uma modalidade de empreendedorismo, o empreendedorismo social.

O que é empreendedorismo Social

empreendedorismo-social
empreendedorismo social

Empreender é transformar, e o empreendedorismo social, busca transformar as condições do mundo a sua volta. Utiliza ferramentas e métodos utilizados nas empresas para criar uma realidade social nova.

Técnicas como gestão de projetos, análises, técnicas criativas e inovadoras podem auxiliar ações sociais, para melhorar a vida das pessoas, de um bairro, de uma cidade.

A geração do dinheiro nestas empresas está sempre atrelada a melhora social. Claro que todas as empresas podem ter esta característica, mas no empreendedorismo social, esta é a razão de existir da empresa e não apenas mais um dos seus projetos.

O empreendedorismo social, visa construir empresas que transformem a realidade, por isto ela surge em cenários de problema, de crise, de pessoas em dificuldade, de problemáticas sociais…

Ela visa tornar a vida mais justa, mais humana, através do capital.

Os desafios ambientais também fomentam o surgimento de empresas cujo cunho social é cuidar do meio ambiente.

Percebemos então que o que diferencia o empreendedorismo comum do empreendedorismo social é a motivação: Enquanto um é motivado pelo capitalismo e arrecadação, o outro é motivado pelos valores altruístas e pela empatia.

Como identificar uma oportunidade de empreendedorismo social

Fazer o bem é importante, no entanto uma característica importante do empreendedorismo social é que ele utilize ferramentas empresariais, se beneficie deste conhecimento. Sendo assim é importante que o empreendedorismo social, não seja somente o sonho pelo sonho precisam serm avaliados os seguintes critérios

  • A idéia é inovadora?
  • É possível de realizar?
  • É autossustentável?
  • Envolve variado numero de pessoas, segmentos, e a população que será atendida?
  • Provoca impacto social mensurável?

Após validados os itens acima, é possível partir para as etapas macro de execução:

  1. Identificação de uma situação injusta ainda que haja equilíbrio. Injusta para uma parcela da humanidade, seja por questões ambientais, sociais, econômicas
  • Identificação de oportunidade de melhoria, através de projeto que visa trazer o equilíbrio ou a redução da desigualdade.
  • Execução do projeto empreendedor, com definição de todas as atividades, envolvidos e resultados esperados

Quando surge o empreendedorismo social.

Iniciativas sociais altruístas, sempre aconteceram então podemos entender que desde sempre, temos o empreendedorismo social. Mas em pesquisa na wikipedia, temos os seguintes relatos mais antigos:

  • A inglesa Florence Nightingale, fundadora da primeira escola de enfermagem que desenvolveu práticas de enfermagem modernas na Segunda Guerra Mundial através de reformas profundas nos hospitais do exército inglês[9];
  • Michael Young, fundador do “Institute for Community Studies” em 1953 e da “School for Social Entrepreneurs” (SSE) em 1997, no Reino Unido, apontado como tendo desempenhado um papel central na promoção e legitimação do campo do empreendedorismo social;
  • Maria Montessori, a primeira médica italiana que, nos anos 60 do século XX, criou um método de educação revolucionário que consistia na defesa de que cada criança tinha um desenvolvimento único. O sucesso do seu método conduziu à criação de diversas Escolas Montessori;
  • Susan B. Anthony Lutou pelos Direitos das Mulheres nos Estados Unidos, incluindo o direito de controlar os bens, e ajudou a liderar o processo de aprovação da 19ª emenda;
  • Vinoba Bhave foi fundador e líder do Land Gift Movement (Movimento de Doação de Terras), levou à redistribuição de mais de 17.300.000 hectares de terra para ajudar os intocáveis e os sem-terra da Índia;
  • Margaret Sanger foi a fundadora da Planned Parenthood Federation of America (Federação Americana do Planeamento Familiar) nos Estados Unidos da América, e dirigiu o movimento em prol do planeamento familiar em todo o mundo;
  • John Muir era defensor da natureza e conservador, fundou o Sistema Nacional de Parques e ajudou a fundar o Sierra Club;
  • Jean Monnet foi o responsável pela reconstrução da economia francesa após a Segunda Guerra Mundial, incluindo a criação da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA). A CECA e o Mercado Comum Europeu foram precursores diretos da União Europeia.

Exemplo de empresas que são empreendedorismo social

Projeto TAMAR

Que se dedicam preservar as espécies de tartarugas marinhas e possuem braços em diversos estados brasileiros. Tem um trabalho amplo de conscientização da população, além de cuidados efetivos com as espécies

Gerando Falcões

Empresa de Eduardo Lyra, a proposta é cuidar de crianças em situação de carência como passou o seu criador. O projeto tem várias ações que visam fortalecer e promover o protagonismo juvenil perante a sociedade.

www.jovensfalcoes.com.br

Graacc

Empresa para combate ao câncer infantil. Fundada por Antonio Sergio Petrilli. Já tratou milhares de crianças com taxa de cura de 70%. Envolve diversos pesquisadores da área.

www.graacc.org.br/

Robert Redford

Que a partir dos anos 80. Desistiu de sua carreira de sucesso para se dedicar a causa de recuperar o espaço dos direitos dos artistas no espaço cinematográfico. Já que Hollywood vinha praticando um modelo de negócio cada vez mais opressivo e voltado para os interesses financeiros e não os interesses da classe artística em si.

Esperamos que tenha gostado de saber sobre o empreendedorismo social. E se é sua característica a filantropia, já sabe que há uma possibilidade bem concreta de fazer o bem de forma organizada e sustentável.